expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

"A verdadeira sabedoria para vivermos neste planeta, consiste em percebermos que este é um grande e frágil ser vivo, se pensarmos em relação a vastidão do Cosmos.

Cada planta e animal, faz parte de um complexo sistema de inter-relações onde a mais frágil das criaturas tem o seu papel para manter o equilíbrio e a vida na Terra.

Quando entendemos e assimilamos esta realidade para nossas vidas, tudo se torna compreensível, belo e sua interação com a natureza é plena."

28 de agosto de 2014

PALMEIRA



Celebração Serena

Quer reinemos no deserto, quer nas cidades, quer na floresta, somos modelo de uma estabilidade benevolente que exerce grande influência sobre os seres humanos. Foi, portanto, uma elevada estima por nós que fez os cristãos elegerem nossos ramos para homenagear o " rei " Jesus. Uma sábia escolha. Como todo o reino vegetal, curvamo-nos em homenagem ao Deus que vive nos seres humanos. Compartilhamos com vocês os nossos poderes divinos e continuamos a servir o crescimento, que é o processo da vida. Nós o fazemos em paz, serenas, vistosas e dignas. Curvamo-nos ao Deus que vive em todos vocês - de modo muito metafórico, é claro - e nos ligamos a vocês principalmente no domingo de ramos. É bom que a unidade da vida fique mais presente na consciência dos seres humanos em todas as suas celebrações; esse é o seu e o nosso futuro.

Mensagem extraída do livro: O Chamado das Árvores

26 de agosto de 2014

ANJO DA PAISAGEM

Por que restaurar as florestas
É bom que você sinta, com maior clareza, a função das grandes árvores adultas como condutoras de energia. Lá estão elas, sempre a postos, canalizando as forças universais que cercam o mundo e que dele fazem parte. As montanhas canalizam essa energia, sobretudo as de cumes pontiagudos; mas as grandes árvores são de uma substância mais viva e mais elevada, e são portadoras de vibrações especialmente potentes. São magníficas sentinelas para nós e para a energia cósmica do universo. Permanecem enraizadas e em pé, transformando o poder em uma aura de paz.
Repetimos, as grandes árvores são essenciais para o bem-estar da Terra. Apenas elas podem fazer o trabalho que fazem. As grandes árvores e a humanidade poderiam viver em perfeita harmonia e respeito mútuo, cada uma representando o ápice de uma forma de vida específica, e os seres humanos poderiam ganhar muito nessa associação com elas. Não é à toa que se diz que Buda foi iluminado sob uma árvores. Uma grande árvore pode enfocar e concentrar a glória dos espaços abertos e torná-la útil à Terra.
Que o seu amor chegue às árvores. O fato de estarem desaparecendo em todo o mundo não passa de outro sinal dos tempos problemáticos do fim de uma era. Árvores adultas são necessárias para o bem-estar do planeta. Memorize e difunda isso em pensamentos vigorosos e agradeça a Deus por Ele as ter criado.

Mensagem extraída do livro: O Chamado das Árvores
          

24 de agosto de 2014

NOSSAS ÁRVORES - O resgate do sagrado

Jabuticaba
Doçura, alegria e inocência

 

Jabuticaba em tupi, significa "lugar do jabuti", porque era comum ver esse animalzinho comendo os frutos da árvore, quando caíam pelo chão.
A jabuticaba é meiga, delicada, mas produz frutas em abundância, agarradas ao tronco, como se dissessem "Tudo posso Naquele que me dá forças".
Quando floresce, veste-se de branco como uma bela noiva que se entrega ao Todo em puro e elevado amor. A jabuticaba é árvore-menina que brota inocente do coração da Terra, com total alegria e confiança na benevolência do Criador.

Quaresmeira-roxa
Ampliação da consciência


Perdão e amor, quaresmeira em flor...
Esta árvore espalha-se e cresce rapidamente, não se importando se o solo é bom ou ruim, como se dissesse: "Não há tempo a perder, libere as culpas e as mágoas, siga em frente, libere o sofrer!"
O roxo (da flor) é a cor mais elevada do arco-íris, a mais "próxima" de Deus. Curiosamente, a essência floral da quaresmeira ajuda-nos a nos desapegarmos do mundo material, a ativar a espiritualidade e a ouvir a intuição. "A quaresmeira desperta o amor incondicional que se dispõe a tudo perdoar e a sempre recomeçar".

Paineira, Barriguda
Amor e proteção maternal


A paineira é a "morada do divino". Diz uma lenda brasileira que, durante a fuga da Sagrada Família para o Egito, Maria rogou aos Céus por uma ajuda.
Foi então que uma grande paineira se abriu e acolheu a família santa em seu ventre. Os soldados passaram, nada viram, e a paineira protegeu o Menino-Deus, que pode crescer e nos salvar.
Desde então, essa árvore foi abençoada com o dom de "restabelecer um vínculo com o amor, o aconchego e a proteção da Grande Mãe, para que  nossa criança interior possa tirar o foco das dores do passado e expressar o melhor de si no aqui e no agora". 

Pau-ferro
Força de transformação


Certos índios da Amazônia acreditam que esta árvore ajuda na transformação e no crescimento espiritual humanos, pois ela une força de vontade (tronco forte, ligado a terra) com ética, suavidade e flexibilidade (ramagem delicada, aberta ao céu).
O ferro é um componente fundamental do nosso sangue e tem sido relacionado à presença do Eu espiritual no corpo. O pau-ferro, então, é aquela árvore que diz "Sei quem sou" ou "Eu sou o Único, o princípio e o fim de todas as coisas".

Araucária
Retidão e firmeza


A araucária é imensamente tolerante às agressões, até mesmo a grandes incêndios por causa da casca espessa e isolante. por isso e pela retidão do tronco, ela nos fala de foco, de força e de firmeza.
Mas a araucária também nos transmite ser um símbolo de leveza. Os galhos, de desenho suave, terminam nas nutritivas pinhas, que são pura delicadeza, sempre colhidas com alegria.
Firmeza e leveza, masculino e feminino, unem-se nesta bela árvore, cuja forma assemelha-se a um gigante de braços erguidos em eterno louvor ao Criador.

Pata-de-vaca
Coragem de amar


Você já percebeu que a folha da pata-de-vaca assemelha-se a um coração?
"Quem ama, cuida", parece dizer esta bela árvore, que é um exemplo para a humanidade: ela ajuda na regeneração das matas degradadas pois é "pioneira", ou seja, nasce primeiro, oferecendo condições para outras árvores se desenvolverem.
O floral da pata-de-vaca trabalha o medo e a rejeição de pessoas e ideias. As folhas ajudam ma cura de doenças dos rins e do diabetes. Assim, essa bela árvore parece dizer que amar é liberar o medo, que amar é aceitar o divino, que amar é servir e auxiliar.

Ipê
Revitalização, cura interna e transformação


A força curativa do ipê-amarelo, cor de sol e de ouro, é descomunal. A essência das flores é vitalizadora, ajuda o ser humano a superar sofrimentos e angústias e a iluminar os caminhos.
Já o ipê-roxo ou rosa, para os nossos índios, é uma árvore divina, protetora. Quando precisam de uma inspiração, simplesmente sentam-se embaixo dela. O ipê-branco, por sua vez, fala da beleza de uma vida imaculada e pura.
Dizem que o nome científico tabebuia veio de "tábua-boa", pois o ipê é uma madeira incorruptível. por isso, todos os ipês expressam dignidade, afirmam o poder divino e a vitória da fé.

Buganvília
Entusiasmo, renovação e proteção


Prima-vera, primeira verdade. E que verdade é essa que a lindíssima buganvília guarda escondida e no nome? Talvez que "a vida seja uma beleza e que mereça ser vivida com a plenitude de nossos corações"... O medicamento floral desta árvore ajuda nisso, alinhando os corpos espiritual e emocional.
As flores, brancas e pequenininhas, delicadas e puras, são protegidas por três pétalas coloridas em forma de coração. A pureza, envolvida pelo amor divino, desperta a nossa criança interior para a beleza e  a faz crescer em alegria.

Embaúba
Proteção e consciência


Pela cor das folhas e pela altura, a embaúba sobressai-se na mata e dá a sensação de proteger todas as árvores ao redor. Dá a impressão de cobrir toda uma região com o brilho de suas folhas prateadas.
E qual o sentido dessa cor? O tom prata faz vibrar equilíbrio e harmonia, restaura a conexão divina com todas as formas de vida, purifica e abre caminhos, faz a integração com uma consciência maior.
Em momentos de dificuldade, imagine em torno de si o brilho prateado das folhas da embaúba.

Sibipiruna
Alegria e plenitude


Esta árvore faz milagres: quando adulta, transpira 400 litros de água por dia, refrescando a cidade, amenizando o aquecimento global. Árvore amiga, de copa vistosa que dá sombra, acolhe e por causa da beleza, é apreciada nas grandes cidades.
O amarelo-ouro das flores fala da alegria pura, desperta a criança interior, estimula o viver com entusiasmo e plenitude de Deus.


Seringueira
Equilíbrio e aprofundamento


Esta árvore é um gigante de altura, as raízes são profundas e a copa é sempre elevada no céu. O famoso látex que ela produz, matéria-prima da borracha, tem por função a proteção e a cicatrização do tronco, quando ferido.
Essa árvore nos ensina o cuidado e a sabedoria, pois somente com essas qualidades é possível extrair o látex curativo. Principalmente, a seringueira nos auxilia a curar as memórias antigas e profundas e a elevar os nossos anseios em direção ao céu infinito.

Mensagens extraídas do Calendário: Nossas Árvores - o resgate do sagrado.